O belo andante.

Sombras, luz e perfume nas tardes do parque.
Meu coração imerso no chão de flores,
Onde caminhas calmo, de passos sedutores
A aquecer o desejo que de mim faz parte!

Por seus pés meu coração é pisado.
No tapete de flores – o sangue coagulado
E o anseio abstrato que tua voz abrace meu corpo
E o teu olhar beije os meus lábios…

Mas pelo caminho o teu esboço some errante
E há tempos que é cinza a minha tarde,
E que me perco em tristes passantes,
Desnorteada pelo infinito da saudade.

Imagem por Claude Monet.

Anúncios

4 Respostas to “O belo andante.”

  1. Letícia Says:

    Senti você aqui do meu lado, recitando pra mim, como se tivesse contando umas das tuas doces e entusiasmadas histórias…

  2. nuancesazuis Says:

    Linda!

  3. Saudade…Sei bem…Lindo maninha!!bjooo

  4. Gostei destas nuances

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: