Arquivo para junho, 2008

Marc Chagall.

Posted in Outras nuances. on 25/06/2008 by nuancesazuis


Marc Chagall foi um pintor russo que viveu 98 anos(1887 – 1985). Teve uma forte formação judaico-cristã, resultando em vários quadros em que sua religião está presente, como também o casamento.
Costumava escapar à realidade natural, pintando pessoas, animais e objetos voando; além de elementos e cores, geralmente: azul, branco, fortes tons de vermelho, amarelo e verde; que formavam retratos de seu inconsciente.


Seus quadros tinham um ‘quê’ de sonho, de fantástico, que o pintor figurava com um ar romântico e de infância.
Nos anos que passou em Paris, Chagall incorporou traços cubistas em suas pinturas, estas também possuiam características do fauvismo e do surrealismo, sendo difícil, assim, encaixar Chagall em um movimento artístico modernista.
Com seu modo particular de fazer arte, Chagall encanta a muitos.  Pintou cenários para “O pássaro de fogo” de Stravinsky e na fase final de sua vida dedicou-se aos vitrais para sinagogas e igrejas, mosaicos, cerâmicas e tapeçarias.

Os quadros usados aqui: A carruagem voadora, 1913.
O Passeio, 1917.
As três acrobatas, 1926.

O guarda noturno.

Posted in Poemas. on 14/06/2008 by nuancesazuis

[O guarda noturno]
Levantou-se com sua vida insípida,
Pintou sua roupa de branco,
Seus olhos de tristes,
O céu de negro,
A rua de vazia.
Misturou-se no cromatismo preto-e-branco
E se perdeu na noite…


Das origens.

Posted in Poemas. on 01/06/2008 by nuancesazuis

Ao longe, padeço a tua hora meiga
_ Chega-te a mim por um instante!
Trêmulos, onde meus dedos tocam passeia
Uma suavidade nunca percebida antes!

Há um misticismo em tua pele
Convertendo enigmas em superfície de veludo.
Emana perfumes que de um saber pode revelar tudo,
Mas que se espraiam nas mesmas fragâncias que impelem.

Teu corpo inteiro é um precipício
Em que desejo o suicídio
E no interior mais que etéreo
Das tuas entranhas, penetrar no mistério!


Imagem por Gustav Klimt : Sea Serpents IV.